quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Comi minha sobrinha.

Ola, meu nome é Roberto tenho quarenta e seis anos sou casado pai de duas lindas meninas e um garotão muito bonito… RS… Com certeza puxou o pai, eu sou portador de uma grande fraqueza… Eu sou o que se pode chamar de homem feminista… Não, não sou homossexual, sou apenas mulher futebol clube. O que acontece é que gosto de satisfazer os caprichos e suas fantasias, eu não consigo dizer não a elas, tanto é que minha mulher tem um relacionamento extraconjugal com um colega de trabalho… Mas isto é assunto pra outra oportunidade.


O que quero dizer é que não meço esforços para satisfazê-las, mas, isso é um pequeno segredo meu… Ou pelo menos era.
Uma sobrinha descobriu tudo através de uma amiga de Brasília com quem tive um flat. Ao descobrir a vadia começou a me chantagear… E o pior de tudo é que ela tinha uma fantasia bem maluca e me chamou para realizar seu fetiche incestuoso, era o preço que eu teria de pagar para que minhas filhas não soubessem dessas minhas peculiaridades, eu lógico aceitei sair com ela, pois ela é o que podemos chamar de mulherão, e perguntei como seria e ela me disse que era surpresa, fomos pra um motel indicado por ela e, La chegando ela disse o numero da suíte que iríamos, entrei e dei de cara com um sujeito a nossa espera, era um rapaz alto meio magro, mas de porte atlético beijou Amanda (é assim que vamos chamar ela) me cumprimentou apertando firme minha mão me puxou pra um abraço e perguntou Amanda se eu era a pessoa, ela disse que sim e me apresentou o rapaz que me disse se chamar Marcos e me disse pra eu relaxar e ficar a vontade, ele então começou a desabotoar minhas calças e por traz de mim ela retirou minha camisa sussurrando em meu ouvido…
É hoje titio que te vou fuder gostoso. Marcos por sua vez estava com minha vara na mão me punhetando dizendo… Que rola grassa é essa, você vai gostar querida.
E logo começou a mama La, Amanda veio pra disputar com ele minha rola, logo me abandonaram e começaram a meter os dois, Marcos era extremamente dotado, sua rola não cabia na boca de Amanda, mas, ela continuava a socar aquela madeira na boca e a se engasgar com ela, o rapaz parecia que queria rasgar a boca da Amanda, pois socava funda ate sua garganta fazendo quase sumir sua rola dentro da boca dela e segurava com força sua cabeça ate lhe faltar o fôlego, ela me chamou pra ficar pertinho enquanto ela mamava aquela vara enorme…
Eu podia sentir sua respiração, o calor do seu corpo que parecia estar febril, mas, era só excitação fulminante. De repente a senti tremer tudo seu corpo ela segurou firme na bunda de Marcos forçando contra seu rosto, e aquela pica começou a jorrar leite quente dentro da boca da Amanda que engoliu tudo sem desperdiçar uma só gota…
E, continuou a mamar não permitindo que ela ficasse mole ai ela ficou de quatro e ele meteu fortemente na sua bucetinha gostosa, ela me pediu pra assistir e deitado embaixo dela pude ver com detalhe o entra e sai dessa gostosa metelança. Amanda gritava feito louco era muito… aaai… caralho rasga essa bucetinha delicia… fode com força desgraçado…
Ta vendo titio como sua sobrinha é forte… gostosa? Acha que acabou titio? … marcos então tirou sua vara de sua bucetinha e ela disse olha tio, o cu da sua sobrinha ser rasgado… e me pediu ajuda para guiar a pica de marcos ate seu cuzinho e me mandou chupar sua bucetinha, e… eu que já não me agüentava mais de vontade cai de boca na bucetinha dela, e ela continuava a gritar como uma desvairada… aaaaaaaai! Ta doendo muito! Socorro titio ele esta rasgando meu cuzinho me ajuda. Quer que ele pare? Perguntei pra ela… não claro que não, lubrifica meu cu que vai entrar gostoso, dei uma chupadela na cabeça da pica dele que deslizou pro fundo do cu da Amanda e só saiu de La depois de gozar muito dentro dela.
Caíram um par um lado e o outro pro outro de tão exausto que estavam, caímos na piscina e depois de um tempinho ela nos chamou…
Vamos? Pensei que ela chamava pra ir embora, e me enganei redondamente ela me perguntou se eu estava satisfeito e eu mesmo não tendo comido ninguém disse que sim, mas, ela me disse ainda não agora é sua vês os dois se aproximaram de mim e começaram a me alisar e me beijar ela me jogou na cama e começou a chupar sua boca quente percorreu meu corpo inteiro, eu estava quase em transe de tanto tesão tudo estava muito gostoso ela então ergueu minhas pernas e começou a chupar meu cuzinho…
Na hora eu tive um pequeno susto ela me disse pra acalmar que iria ser muito gostoso e eu relaxei tinham duas bocas me acariciando uma boca na minha pica outra no meu cuzinho quase virgem…
Quase por que muitos dedinhos femininos haviam penetrado ele. Mas desta vez parecia ser diferente era algo que eu nunca havia feito…jamais um homem tinha me tocado, e, agora tinha um chupando hora minha rola hora meu cu e eu movido pela emoção de ver um caralho entrar no cu de uma sobrinha…chupei a cabeça de uma pica. E
u estava de olhos fechado curtindo cada momento, cada dedadinha que ela dava no meu cu que respondia piscando pra ela eu ouvi então um sussurro…vira titio, fica de quatro pra mim, ao abrir os olhos vi que ela vestia uma calcinha com uma rola praza nela quando quis reclamar ela baixou e chupou meu cu novamente cuspiu nele para lubrificar, Marcos na minha frente me segurava a cabeça como se segura um cavalo pra não fugir da montaria, logo senti algo rasgando minha bunda comecei a gritar e marcos me calou socando sua enorme rola na minha boca me fazendo mamar ela enquanto minha sobrinha fodia meu cu, da minha boca só saia uns gruídos, manda dizia chupa titio, chupa meu macho gostoso,engole essa rola, seus movimentos de vai e vem aceleraram…e, quanto mais rápido ela metia mais forte eu mamava parecia uma sincronia, de quando em vez eu largava a pica do marcos e falava pra ela… fode vadia, prostituta puta sem vergonha fode o cu do Titio, fode forte… mas logo pegava de novo a rola pra mamar senti quando a vara começou a latejar na minha boca e numa velocidade extraordinária saiu porra e muita porra dentro da minha boca e aquilo parecia não acabar mais, e quando quis cuspir fora Amanda me disse…engole, engole tudo seu cachorro, veadinho safado ela dizia batendo fortes tapas na minha bunda, engoli aquela porra e…olha estava gostosa, Marcos se deitou por baixo de mim e começamos um delicioso meia nove e Amanda continuava a fuder meu cu violentamente foi ate eu gozar como um louco na boca de Marcos nesta hora Amanda tirou a rola do meu cu e foi beijar marcos e dividir com ele meu leite.
Fomos embora neste dia muito satisfeito foi a melhor foda que já dei em toda minha vida, Amanda também me revelou nunca ter metido tanto e com tanto prazer e assim prometemos sair outras vezes e juramos segredos sobre o que havia acontecido, e pedi que ela não revelasse meu segredo particular a ninguém, ela quase conseguiu guardar segredos.
É que… No aniversario de quinze anos minha filha me pediu um presente muito estranho, ela chegou em mim e disse… Papai a Amanda me disse uma coisa… Mas, essa história vai ser contada em outra oportunidade.

www.prazersecreto.com.br sex shop

Nenhum comentário:

Postar um comentário